Blog

Itankale / Blog  / Desmistificando a Meditação

Desmistificando a Meditação

O ato de meditar é simples e todos nós devemos entender isso, pois o simples fato de pensar que é algo complexo já nos barra diante de uma tentativa. Quantas vezes você até pensou em iniciar um processo de meditação e sentiu que não estava preparado para isso ou até mesmo que deveria realizar um curso específico?

Pois é, isso costumava a acontecer comigo e foi quase desistindo que aprendi que a simplicidade é o caminho. Meditar nada mais é do que se observar. Observar os próprios pensamento e desenvolver pouco a pouco essa postura de observador, não é de uma hora para outra, pois vivemos em uma sociedade em que somos instigados a pensar e decidir a todo mundo, então imagine quando você decide parar e apenas observar? Vem uma sensação de cobrança um sensação muito intensa de que você deve resolver os problemas através das suas ações, mas acredite: o silêncio pode lhe auxiliar resolver as situações, pois quando observamos esse problema ele se torna menor e surgem alternativas para saná-los.

Você já passou pela seguinte situação: você estava no banho ou quase dormindo e uma solução para um problema surgiu em sua mente? Pois é.. quando estamos quase dormindo, entramos em um estado mental de observador e quando estamos tomando banho, nós estamos relaxados e atentos com aquilo que estamos fazendo de fato. Isso se chama Atenção Plena. Quando estamos com a atenção plena naquilo que fazemos, nós entramos passamos a nos observar mais o nosso corpo.

Com a meditação nós observamos mais a nossa mente e a solucionar os nossos problemas.

Uma outra questão que mistificou a meditação é o próprio misticismo em torno dela. Pois é. Mistificação nada mais é do que exagerar na complexidade de algo. A maioria das pessoas acreditam que só conseguirão meditar se acender um incenso, escutar um mantra ou até mesmo realizar uma posição invertida do yoga. De fato essas ferramentas ajudam, mas tem um fundamento, portanto não é essencial.

O simples fato de você se sentar no chão ou cadeira, deitar no chão, tapete ou cama ou simplesmente silenciar-se quer dizer que você já meditou.

As pessoas também desistem da meditação por esperarem conseguir esse silêncio interno ou uma mudança drástica na primeira vez que realizam uma meditação. Isso não acontece. Acreditem… para meditar necessitamos de prática, é uma habilidade. Você deve repeti-la para alcançar um estado bacana de auto conexão.

É interessante termos um objetivo ao sentar para meditar: auto conexão, tranquilidade, conexão com algo maior, autoconhecimento, tratamento para ansiedade e depressão. Esse objetivo vai nos auxiliar a criar a nossa rotina, pois iremos experimentar pouco a pouco a sensação da meditação.

Devemos levar em conta tudo isso, pois de complicado já não basta a vida… a meditação deve ser algo simples e direcionado para uma estabilidade mental… não se cobre, medite e alcance aquilo que deseja.

Quer começar, acesse nosso ebook e a nossa meditação guiada e encontre a sua trajetória dentro desse processo.

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.